Europa, Itália

De carro pela Toscana: a busca pela famosa Cappella della Madonna di Vitaleta

31 ago 2015
[ 4 ]

Existem alguns lugares que são símbolos de determinadas cidades ou países e a Capela de Nossa Senhora de Vitaleta é um deles. Se abrir qualquer guia de viagem sobre a Itália ou pesquisar apenas a palavra ‘Toscana’ no google, pode ter certeza de que a imagem dessa charmosa igrejinha vai aparecer em meio aos ciprestes verdes e rolos de feno. Não importa onde você pesquisar. Essa imagem simplesmente estará lá.Madonna di Vitaleta, Tuscany

Madonna di Vitaleta, Tuscany

Estrada rural da Toscana! <3

Estrada rural da Toscana! <3

A Capela
Para terem ideia da importância do lugar, os primeiros registros da existência da Capela datam de 1590 e calcula-se que tenha sido construída no final da Renascença e é protegida pela UNESCO. Seu nome oficial (em Italiano) é Capella dela Madonna di Vitaleta e fica na cidade rural de Vitaleta, que faz parte da cidade de San Quirico d’Orcia.

Esta região do Val’Orcia é simplesmente uma das mais bonitas da Itália (eu diria que do mundo). Encontrar essa capela não é das tarefas mais fáceis. Se você estiver viajando por conta, eu diria que alugar um carro para rodar a Toscana é essencial. Faz muita diferença e dá uma mobilidade inimaginável. Mesmo de carro, vocês não sabem a trabalheira que deu para encontrar essa belezoca!

Sabíamos que a igreja ficava na área rural de San Quirico d’Orcia, então saímos bem cedo de Florença em direção a San Quirico com a seguinte ideia: a gente conhece a cidade e pergunta para algum morador para que lado fica a igreja. Todo mundo deve saber onde fica a igreja, porque ela é famosa, né?!

Tudo certo não fosse um detalhe: contar com ajuda de alguém logo cedo no inverno não é das melhores ideias. #FicaADica Isso porque não havia uma alma viva andando pela rua até quase 10h da manhã, gente! Juro!Madonna di Vitaleta, Tuscany

Só fomos encontrar a orientação de um senhor, o seo Raul, já quase na saída da cidade. Ele também só soube dizer: vai reto aqui, vire ali e depois vai reto até ver a igreja. Para isso não acontecer com você, aqui está a localização da Capela!

Madonna di Vitaleta, Tuscany

Seguimos então a orientação do seo Raul e pegamos uma estradinha secundária. Bem rural mesmo. Que aventura! Conforme o GPS ia nos dando alguns caminhos, de repente nos víamos no meio de chácaras e fazendas particulares. Assustados, a gente fazia o caminho de volta até a rodovia.  Foi assim até que lá longe estava ela. Um dos símbolos da Toscana e realmente pitoresca como aparece nos livros.

Quer saber mais sobre a Itália? Clique aqui para ver um índice com TODOS os posts publicados no blog sobre esse país lindo! 

Tentamos chegar pertinho, mas assim como em boa parte do caminho, a gente esbarrava em propriedades particulares. Se houvesse alguém, até poderíamos pedir passagem ou orientação, rs, mas nos contentamos em vê-la a certa distância. Linda de qualquer forma.

Foto: Emanuelle Rigoni

Foto: Emanuelle Rigoni

Madonna di Vitaleta, Tuscany

Madonna di Vitaleta, Tuscany

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Deixe seu comentário

4 comentários em "De carro pela Toscana: a busca pela famosa Cappella della Madonna di Vitaleta"
  1. Paulo   •   11/04/16   •   18h50

    estava procurando por essa capela para conhecer na minha viagem a Toscana mês que vem e o seu post foi sensacional, obrigado!

    • Iara Vilela   •   12/04/16   •   12h10

      Que bom que o post te ajudou, Paulo!

      :*

      • Luciana.   •   17/11/16   •   16h40

        Olá. Você pode chegar até a capela caminhando. É só deixar o carro. Inclusive essa capela faz parte do caminho religioso aqui na região. O caminho passa por várias propriedades particulares. Não pode ingressar com carro mas a pé pode.

        • Iara Vilela   •   17/11/16   •   18h09

          Que bacana, não sabia disso, Luciana! Muito obrigada pelo toque!