Américas, Argentina, Diversos, El Calafate, Ushuaia

Caminhando sobre a geleira: Trekking em Perito Moreno

19 mar 2014
[ 24 ]

Eu sempre quis conhecer o sul da Argentina. Mas, acho que por ser tão ‘perto’ de casa, acabei dando preferência para outros destinos, mas El Calafate e Ushuaia sempre fizeram parte do meu imaginário. Pouco antes do carnaval decidimos viajar e como a ideia era fugir da multidão do carnaval, na hora me veio na cabeça: “Agora é a vez de Ushuaia”!

Geralmente o roteiro dos turistas é : Ushuaia -> El Calafate, mas pesquisando saiu mais barato fazer o trecho contrário e desembarcamos em Calafate em uma segunda-feira de carnaval. E que delícia! Claro, havia muita gente, mas ainda assim a cidade de pouco mais de 4 mil habitantes não estava lotada. Fizemos um reconhecimento rápido da área central e fomos descansar, no outro dia iríamos conhecer o Glaciar Perito Moreno.

Com direito a arco-íris! <3

Com direito a arco-íris! <3

Na cidade existem várias agencias de turismo que vendem passeios dos mais diversos como trekking, navegação e etc. Eu escolhi comprar com a Hielo y Aventura, que mesmo tendo um preço um pouco mais alto, foi a melhor recomendada por todos que perguntei. Eles ficam na avenida principal e você pode reservar os passeios antecipadamente pela internet (não, isso não é publi! Quando eu gosto eu falo mesmo e adorei o serviço deles).

Eu, claro, já tinha pesquisado na internet sobre o Glaciar. Tinha lido relatos e mais relatos sobre a grandiosidade do “paredão” de gelo, mas mesmo assim, acho que subestimei a beleza do lugar. Isso porque o passeio não começa quando você entra no barco ou quando vê a montanha gelada. Nesta época (verão) a vegetação está seca e se mistura com o Lago Argentino, céu azul e montanhas… enfim, um cenário mais lindo que o outro desde o momento em que você sai da cidade.

Tem como um amanhecer ser mais lindo?

Tem como um amanhecer ser mais lindo?

Nesse aspecto nosso erro foi ter contratado o passeio com o translado até o parque. Se puder, vale a pena alugar um carro para que você possa parar na estrada e aproveitar a paisagem.

Não tem filtro algum nesta foto. Juro!

Não tem filtro algum nesta foto. Juro!

Percorremos cerca de uma hora de ônibus até uma espécie de ‘porto’ da Hielo y Aventura. De lá passeamos de barco por uns 15 minutos vendo a geleira e que coisa linda. Vimos o glaciar pela primeira vez ao som de muitos: “Uau! , “Que lindo”, “É enorme”, “Maravilhoso” e tudo isso em idiomas diferentes! rs Não sei algum adjetivo que não seja clichê, mas o fato é que impressiona mesmo, principalmente para nós – Brasileiros – que não temos isso por aqui.

IMG_3989

Desembarcamos para um mini-trekking sobre a geleira e de novo muitos: “Uau”, “Que lindo” e “Maravilhoso”!  Recebemos algumas orientações de como pisar, subir e descer no gelo, o enorme grupo foi dividido em três pequenos e caminhamos até a encosta da geleira para que os guias pudessem amarrar os grampos em nossos sapatos. Fica aqui uma observação: os guias são super treinados e eles que amarram os grampos em cada turista, para evitar qualquer acidente.

O "acampamento" para amarrar as travas nos sapatos.

O “acampamento” para amarrar as travas nos sapatos.

O mini-trekkin é mini mesmo! Acho que percorremos pouco mais de uma hora entre as galerias de gelo, mas foi o suficiente para ser especial. Foi a minha primeira experiência com gelo, então tudo ali era novidade! Subimos e descemos alguns picos e no final os guias nos surpreenderam com uma “festinha”, regada a whisky com gelo direto do glaciar e claro, alfajor!!

IMG_4023

IMG_4024Eu adorei tudo e faria novamente. Mas, esse é do tipo de passeio em que você ama ou odeia. Quem não gosta muito de frio, vento ou esportes pode não gostar. Sem contar que o mini-trekking é proibido para menores de 8 anos, maiores de 60 e grávidas. Se você é da turma do não, veja essas fotos, vai que elas te convencem! ahaha

Valores
Como disse antes, fiz esse passeio com a empresa Hielo y Aventura. Encontrei outras operadoras de turismo mais em conta, mas preferi escolher a que foi melhor recomendada.

O passeio completo com translado desde o hotel custou (em março/2014) um total de $800 pesos por pessoa – algo em torno de R$ 235,00 – e valeu cada centavo. Sem o translado o valor cai para $670 pesos. Também é preciso pagar uma taxa de entrada no Parque, que é de $ 70 pesos (por pessoa) para nós que fazemos parte do Mercosul.

Eu vou falar sobre o Parque Nacional Perito Moreno em um post separado, porque se não este daqui seria muuuuito longo! :*

IMG_4246

IMG_4253

Look do dia versão "Buraco de gelo"!

Look do dia versão “Buraco de gelo”!

A cara da felicidade por andar no gelo!

A cara da felicidade por andar no gelo!

IMG_4067

IMG_3927

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Deixe seu comentário

24 comentários em "Caminhando sobre a geleira: Trekking em Perito Moreno"
  1. Osni   •   19/03/14   •   19h26

    O whisky com o gelo “envelhecido” já vale a viagem.
    E com essas paisagens, o frio é o que menos importa.
    Belo trabalho!
    Parabéns!

  2. marcos   •   20/03/14   •   10h18

    muito legal suas postagens… me delicio e sonho com os lugares que você visita… quem sabe um dia Deus me conceda este prazer… mas se não, pelo menos posso “vivenciar” em suas fotos… sucesso…

    • Iara Vilela   •   20/03/14   •   10h29

      Obrigada, Marcos! Comece a se planejar, hoje é possível parcelar passagens e até pacotes! E muito obrigada pelos elogios, visite nossa página sempre que quiser e pode dar sua opinião também! :*

  3. Boia Paulista   •   20/03/14   •   13h54

    Oi, Iara. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    • Iara Vilela   •   20/03/14   •   16h33

      Obrigada Natalie! Vou lá conferir! :*

  4. Danny_sch   •   21/03/14   •   12h56

    Olá, adorei o relato…
    Tbm fui com meu marido e adoramos!! É realmente muito lindo e as fotos apesar de todas ficarem lindas ñ transmitem toda a beleza do lugar!! Quero voltar!!

    • Iara Vilela   •   21/03/14   •   13h17

      Danny, realmente, as fotos não captam nem metade da beleza desse lugar! Quero voltar no inverno! :D

  5. Roberta Vianna   •   27/04/14   •   11h07

    Olá Iara,
    Estou conhecendo seu blog hj e gostei mt! Parabéns por suas explicações e fotos, adorei!
    Você acha que é válido ir para Lá em novembro ?!

    Bjs!

    • Iara Vilela   •   27/04/14   •   17h07

      Oi Roberta, tudo bem? Muitos passeios (como esse trekking) são feitos apenas no verão, então você tem que saber qual é o foco da sua viagem porque cada estação tem seus prós e contras. Eu simplesmente me apaixonei e não me arrependo de ter ido no finalzinho do verão, mas no inverno também tem muita coisa bacana e dá para passear até de trenó! Então tem que ser de acordo com seu gosto mesmo, mas deve ser liiiiindo ver Ushuaia e Calafate cobertos de neve!! <3

  6. Daniella   •   28/08/14   •   17h26

    Oie, vc sabe que tipo de calçado devemos levar para fazer o minitrekking?
    Se eu tiver aquelas botas com pinos para andar no gelo, eles deixam usar?

    • Iara Vilela   •   13/09/14   •   10h22

      Oii Daniella, tudo bem?
      Desculpe a demora em responder, mas fazer mudança não é fácil e fiquei sem internet por mais tempo do que previa.
      olha, eles são bem rígidos quanto a isso (diria que até chatos). Você precisa estar com um calçado que tenha cordinhas (tipo tênis) e são eles que amarram os grampos nos seus pés. No dia que fiz tinha um rapaz que já tinha feito não sei quantas escaladas em montanha e ainda assim foram eles que amarraram os grampos no tênis dele. Na dúvida, vá com um tênis quentinho que evita qualquer problema.

  7. Lana   •   06/10/14   •   15h07

    Olá,
    Adorei seu post, mas fiquei com uma dúvida: vc disse que esse passeio é bem leve. Mas é leve para qlq um? Por exemplo, uma pessoa obesa consegue caminhar facilmente sobre as geleiras?
    Obrigada!

    • Iara Vilela   •   06/10/14   •   16h46

      Oii Lana, tudo bem?
      Então, até onde eu sei o mini trekking é proibido para menores de 8 anos, maiores de 60 e grávidas (e PNEs, dependendo do caso), mas não falaram nada de obesos, sugiro tirar essa dúvida com a própria empresa com quem vai fazer o passeio. O que posso te dizer é que não é uma caminhada difícil e sim um exercício que exige equilíbrio por conta do vento forte. Você não escala nem nada, o que precisa mesmo é ter um pouco de força nas pernas porque usa-se grampos nos sapatos, então é preciso pisar com um pouco mais de força do que o normal.

  8. Marcia   •   06/12/14   •   23h44

    Adorei o blog, parabéns! Vou à Patagônia (El Calafate e Torres del Paine) e segui suas dicas! Obrigada.

  9. Medeiros   •   07/01/15   •   12h53

    Olá,.

    muito bom relato.

    Vc mencionou a possibilidade de fazer com carro alugado. Como seria? De qualquer forma, não é recomendado fazer esse passeio sem guia, né?

    abraços

    • Iara Vilela   •   08/01/15   •   16h04

      Oi Medeiros, tudo bem com você?

      Então, o passeio é feito apenas com guia, mas na hora da compra você paga a mais por este translado até o ponto de partida do trekking. E o caminho entre a cidade e o parque (onde é feito o passeio) é simplesmente lindo e seria muito legal ir parando ao longo da viagem para tirar fotos e etc.

      Resumindo: o passeio continua sendo feito apenas com guia, a única coisa é que você não compraria o translado, iria de carro parando nos pontos que mais gostou.

      ;)

  10. Juliana   •   12/05/15   •   17h27

    Parabéns! Adorei o blog! É muito bom ler experiências de outros viajantes!

    • Iara Vilela   •   12/05/15   •   17h47

      Muito obrigada, Juliana!

      :*

  11. Karis Cozer   •   17/12/15   •   08h49

    Oi Iara!

    Queria agradecer pelo post. Eu e meu namorado vamos a Calafate em janeiro, e queremos conhecer Perito Moreno. Acho que vou comprar o passeio pelo Hielo y Aventura também. Pensei em alugarmos um carro para poder parar e apreciar a vista como você falou, mas pelo que vi por Bariloche, o aluguel de carro é muito caro no sul da Argentina. Então acho que será mais barato irmos com a empresa.

    Enfim, seu post tem sido muito útil.

    Beijo e obrigada!

    • Iara Vilela   •   17/12/15   •   12h32

      Obrigada, Karis!! Comentários como o seu nos motivam ainda mais!

      Depois conte como foi a viagem!

      :*
      Iara

  12. Carol   •   05/04/17   •   18h12

    Acabei de conhecer o blog em uma pesquisa desprentensiosa sobre Ushuaia e El Calafate.
    Estou amando todas as dicas!
    Em breve estarei lá…

    • Iara Vilela   •   06/04/17   •   09h09

      Oii Carol! Se já gostou dos posts, vai amar ver ao vivo! Ushuaia e El Calafate são sensacionais!
      Depois me conta como foi a viagem!

      :*

  13. maicon bruno   •   18/07/17   •   09h23

    Muito bom. Estou anotando aqui pra minha viagem de carro até Ushuaia, saindo da Amazônia, cidade de Santarém!
    Valeu, Iara.

    • Iara Vilela   •   18/07/17   •   09h51

      Boa viagem, cara! Depois me conta como foi!

      :*