Américas, Argentina, Diversos, El Calafate, Ushuaia

Conhecendo o Farol Les Eclaireurs e as ilhas de Ushuaia

29 mar 2014
[ 9 ]

Passamos três dias super agradáveis em El Calafate. Com certeza é um destino para se passar mais tempo e para onde um dia quero voltar no inverno.

De lá pegamos um vôo para Ushuaia, uma cidade bem maior que Calafate, mas igualmente surpreendente. Ushuaia é quase um cenário de filme e quando você menos espera surge uma paisagem incrível bem na sua frente! Chegamos no meio da tarde e já fomos garantir nossos passeios pelo “Fim do Mundo”.

No porto de Ushuaia, coisa linda!

No porto de Ushuaia, coisa linda!

No outro dia levantamos cedo para conhecer o Farol Les Eclaireurs, a ilha dos Pássaros e as ilhas dos Lobos e Bridges. Esse passeio sai do porto, dura aproximadamente três horas e fizemos pela empresa Canoero. É um passeio belíssimo e pode ser feito o ano todo. Eu gostei bastante, mas acho que quem viaja com crianças deve aproveitar ainda mais.

IMG_4308

Os cormoranes, que não são pinguins! haha

Os cormoranes, que não são pinguins! haha

A Isla de los Pájaros foi a primeira que visitamos e foi muito interessante. Os motores do catamarã são desligados assim que chega próximo da ilha, então não assusta os pássaros e a gente pode aproveitar mais para observar tudo.

Muitas pessoas apontavam para o Cormoranes e diziam “olha quanto pinguim!”, mas gente, aqui vai um aviso (meio óbvio): voou, não é pinguim!! De longe, realmente essas aves lembram os pinguins, mas não são!

IMG_4548

De lá partimos para a Isla de los lobos e que legal que foi! Sério! Ficamos observando os lobos marinhos e pude perceber que havia muitos filhotes. Uma graça! Eles são preguiçosos, mas meio brigões. Vimos umas “discussões” entre alguns machos que estavam brigando por território, enquanto a mãe dormia e o filhote brincava.

O catamrã não parou mais do que 10 minutos nessas duas ilhas, mas é tempo suficiente para aproveitar bem (a não ser que você seja um biólogo ou coisa do tipo o.O ). Elas são muito bem preservadas e em nenhuma delas é possível descer..

IMG_4466

Oi!

Oi!

O único local que descemos foi nas Ilhas Bridges e que vista linda se tem de lá! É possível ver toda Ushuaia de longe, as montanhas e até mesmo a decolagem dos aviões. Pudemos percorrer a ilha por uns 15 minutos e super indico para quem quiser parar para fazer algumas fotos. Nem todas as empresas fazem o passeio com a opção de descer na ilha, por isso pergunte antes.

IMG_4404

IMG_4387IMG_4383

O último trecho foi até o Farol Les  Eclaireurs. Apesar de levar toda a fama, este não é o verdadeiro “Farol do Fim do Mundo”, ele que inspirou Julio Verne na obra que leva o mesmo nome. O verdadeiro fica beeem longe dali (quase da Antártica), na Ilha San Juan de Salvamento.

Mesmo não sendo o original, vale a visita por conta da paisagem.

Ele leva a fama, mas não é o "verdadeiro" Farol do Fim do mundo!

Ele leva a fama, mas não é o “verdadeiro” Farol do Fim do mundo!

IMG_4595

 IMG_4567Valores

Este passeio custou $400,00 pesos por pessoa, algo em torno de R$ 110,00. Não achei barato, já que é um passeio unicamente de barco. Mas, na Argentina há sempre muita gente envolvida. A guia que acompanhou o passeio tinha dois ajudantes e uma fotógrafa profissional.

Muita gente me procurou pelas redes sociais para saber como contratei os passeios. Eu tive a sorte de conhecer a Jana e o Mário Barros, os “Brasileiros em Ushuaia”.

Eles estão morando lá há alguns meses e fazem um trabalho super bacana com os tupiniquins que se aventuram lá pelo Fim do Mundo (além de serem uns queridos). Eles trabalham em uma operadora de turismo e fizeram as reservas para todos os nossos passeios. Fui lá no escritório no final da tarde e saí de lá com tudo agendado. Recomendo!

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Deixe seu comentário
9 comentários em "Conhecendo o Farol Les Eclaireurs e as ilhas de Ushuaia"
  1. Mário Barros   •   03/04/14   •   01h14

    Caramba, você escreve muito bem e as fotos ficaram maravilhosas. Parabéns, super curtimos e obrigado por nos citar e recomendar. Aguardamos o pessoal do “Com os erros eu aprendi” agora no inverno. Esperamos ajudar novamente para novamente não cometerem erros em Ushuaia, Rsrsrsrs ;) Grande beijo do fim do mundo

  2. Roberta Vianna   •   27/04/14   •   11h16

    Ótima dica Iara!
    Qual o contato do Mario e Jana ?!
    Obrigada desde já!

    Bjs

  3. Roberta Vianna   •   28/04/14   •   20h07

    Obrigada Iara!
    Farei o contato em breve com eles!
    Bjs

  4. Leonardo Verza   •   26/08/14   •   11h20

    Ola! Parabens pelo blog, muito informativo! Estou indo para o ushuaia e tenho apenas 3 dias, gostaria de saber de vc o que é essencial/ imperdivel para fazer, preciso otimizar o tempo hehe, Obrigado!

    • Iara Vilela   •   13/09/14   •   10h20

      Oii Leonardo, tudo bem?
      Desculpe a demora em responder, mas fazer mudança não é fácil e fiquei sem internet por mais tempo do que previa.
      Mas enfim, se você já até não foi e voltou (nessa altura da resposta da blogueira), rs, eu diria para você fazer a Laguna Esmeralda (se ela estiver aberta), o passeio de catamarã para ver o farol e as árvores bandeira (mas tb há o glaciar e o parque).

      Esperto ter ajudado! :D

  5. Gabriela   •   19/09/14   •   11h20

    Oiii
    Em que mês vc foi? Estamos pensando em ir em fevereiro, mas estamos com medo de não ver neve :(

    • Iara Vilela   •   22/09/14   •   10h12

      Oiii Gabi, tudo bem??
      Nós fomos em março e realmente fomos surpreendidos pela neve, pq nessa época neva pouco (pois é verão). Se vc quer muuuito ver neve tenta ir na temporada do inverno.

  6. Rosimar   •   09/10/14   •   12h46

    Iara amei seus posts.
    Já estivemos(eu/marido) em El Calafate e Ushuaia, ficamos apaixonados pelos dois locais e estamos voltando final do ano com as crianças. Adorei suas dicas e estou anotando para fazer alguns passeios que não fizemos… tudo isso em dezembro14 e janeiro 15. Depois te conto!

    Obrigada e continue nos ajudando com suas dicas!