Alemanha, Antuérpia, Áustria, Bélgica, Bruxelas, Capadócia, Dicas, Dublin, Europa, França, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Keukenhof, Kinderdijk, Londres, Munique, Neuschwanstein, Oktoberfest

Quer viajar para a Europa e não sabe por onde começar? Esse post é pra você!

29 maio 2014
[ 13 ]

Você quer muito viajar pela Europa mas não sabe o que fazer? Então chega mais que esse post é para você, amigão!

Muitos leitores e amigos me procuram com perguntas do tipo: “Quanto custa uma viagem para a Europa?”, “Eu não falo inglês, como vou viajar?” ou ainda “Que cidades eu visito?”.

Eu sei e entendendo que quando o assunto é novo queremos respostas diretas, mas para essas três perguntas a minha resposta é sempre a mesma: depende!

Depende de QUANTO você pode e quer gastar, depende do quanto você consegue SE VIRAR com o inglês básico da escola e depende do SEU SONHO! Isso mesmo, do seu sonho

Precisa tirar visto??

Não é preciso de visto para entrar na Europa, mas ainda assim você precisa parar na imigração para carimbarem o seu lindo passaporte já que a permissão de permanência é concedida na hora.

O que? Você não tem passaporte?? Não mesmo?? Então corre lá no Site da Polícia Federal, preenche o formulário online, pague a guia e agende sua visita ao posto da PF mais próximo.

Se você já tem, pega ele aí e dê uma olhadinha na data de validade, pois muitos países exigem que o passaporte tenha pelo menos seis meses de validade contados após a data da volta para o Brasil. Sim, estão barrando muuuuitos desavisados por lá!

E as vacinas?

É preciso que você tenha tomado a vacina contra Febre Amarela, então se você estiver com seu cartão de vacinação em dia fica mais fácil! Você só precisará levar o comprovante de vacina até um posto da Anvisa para fazer o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP)!

O CIVP é um documento em inglês que comprova a vacinação contra a febre amarela e / ou outras doenças e é exigido por alguns países (entre eles muitos países da Europa) como condição para a entrada de um viajante.

Quanto custa uma viagem para a Europa?

De uma maneira geral você pode gastar em média entre R$ 7.000 e R$ 10  mil por pessoa para passar 15 dias na Europa. Sim, esse valor inclui passagem, hospedagem, alimentação e eventuais transportes.

Lembrando que o valor acima DEPENDE da sua forma de viajar! Você pode se programar com antecedência e assim pagar menos pela hospedagem, pode pegar uma promoção de passagem aérea e por aí vai!

Diária

Você também terá um gasto mínimo de cerca de 60 euros por dia entre alimentação, transporte e visitas à atrações turísticas (há muita coisa de graça, pesquise!).

O preço médio de uma refeição é de 20 euros (comida + bebida), então só de alimentação você gastaria 40 euros, por exemplo. Esse cálculo é feito pelas autoridades de imigração, mas eu acho ele um pouco furado!

Como eu procuro quase sempre comer em lugares mais em conta, posso te garantir que é possível comer gastando bem menos que esse estipulado acima.

Você pode e deve economizar bastante, mas também defendo que não fique refém desse valor diário! Não estou mandando você sair comprando tudo, mas o arrependimento de não ter feito algo é maior quando voltamos pra casa, acredite!

Dica final: Coloque tudo na ponta do papel e estimule um mínimo e um máximo para o quanto você pode gastar.

Mantenha esse blog vivo!

Se você gostou do conteúdo desse post, saiba que pode ajudar o blog a funcionar e a continuar completamente gratuito! E é bem simples! Basta fazer reservas através do blog, assim nós ganhamos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

Para fazer reservas de hotel basta clicar aqui. Já para sair do Brasil já com chip de internet, é só clicar aqui!

Quantos dias ficar

É a primeira vez que você está indo conhecer este continente! Você vai passar umas 14 horas dentro do avião na ida e na volta (ou seja, mais de um dia inteiro), vai atravessar um OCEANO para chegar lá, então não dá para tirar uma semana de folga e ir, né?

Acho que o mínimo tem que ser 10 dias. Falando bem sério: você vai gastar seu dinheiro, vai passar um tempão no avião e seis dias (porque um é viajando) é pouco tempo para valer tanto esforço!

Como escolher o que visitar

Em primeiro lugar veja quantos dias você vai passar no Velho Mundo. Em segundo, defina uma prioridade: Se o seu sonho é conhecer o Muro de Berlin, não é para Paris que você vai, né?? Escolhendo um lugar chave, você pesquisa e vê o que tem em volta. Lembrando que na Europa é quase tudo pertinho!

Mykonos

<3

A conta é simples: Se você vai passar 15 dias, escolha no máximo 5 cidades para conhecer. Mas, se for ficar de 25 a 30 dias, pode estender bem essa lista e colocar até umas 12 cidades (atenção sempre nas distâncias).

Claro que é nem preciso te lembrar de que você precisa aproveitar bem as cidades que eleger. Você até pode conhecer 10… 15 cidades em 30 dias, mas quanto tempo vai passar em cada uma delas?

Eu sou adepta da máxima “Menos é mais” e prefiro conhecer BEM poucas cidades do que conhecer o MÍNIMO de muitas cidades. Novamente essa é minha opinião, mas só você pode escolher o que é melhor para a SUA viagem”

Como se deslocar na Europa

Simples: Avião, trem, ônibus ou carro. Pode escolher! As companhias de trem e avião vira e mexe fazem promoções com ótimos preços. É sempre bom levar em conta o seu tempo disponível para deslocamento.

Geralmente os aeroportos europeus ficam bem distantes da cidade, o que faz com que você perca algumas horas entre deslocamento e check-in. Já as estações de trem são muuuito bem centralizadas. Então na hora da compra da passagem faça o cálculo tempo x dinheiro.

Em viagens de média distância, viajar de ônibus também pode ser uma boa. Utilizei a FlixBus várias vezes e nunca tive problema algum!

No meu caso, sempre que podemos alugamos carro. AMO viajar de trem (é ótimo, rápido e sem stress), mas nada dá tanto prazer quanto poder parar em qualquer lugar a qualquer hora!

Releve o péssimo enquadramento da foto, ok?

Posso dirigir com a CNH aqui do Brasil?

Você até que pode, mas ter a Permissão Internacional para Dirigir (PID) diminui as chances de um policial chato encrencar com a sua Habilitação brasileira.

A PID é o principal documento para conduzir carros fora do Brasil. A PID nada mais é que a tradução da sua habilitação para várias línguas e é aceita em mais de 100 países.  Ela pode ser retirada no Detran e possui um valor diferente em cada estado.

Hotel, Hostel, pousada

Este é o item mais subjetivo de todos! Há ferramentas como o BookingDecolar e TripAdvisor para que você possa escolher onde vai se hospedar. Seu gasto com isso vai depender muito do máximo (ou mínimo) que você pode pagar.

Hotéis próximos ao centro da cidade ou pontos turísticos costumam ter diárias mais caras, porém, se você se hospedar em um bairro distante terá de gastar com transporte. Lembre-se sempre de fazer esse cálculo para definir o que compensa mais.

Mas fique tranquilo que há Hostels com diárias de 35 euros, hotéis médios com diária de 70 e os luxuosos que bom, são beeeem caros!

Precisa falar inglês? 

Olha, meu inglês não é lá muita coisa também, confesso. Mas se você consegue pedir água, comida, perguntar onde fica tal coisa e apontar com o dedo, já dá para se virar! Mesmo! Baixa alguns materiais da internet, dê uma estudada um tempo antes… não é o fim do mundo.

Onde comer?

Fica sussa! Uma refeição decente (e não tô falando de arroz e feijão, heim?) custa uns 15 euros, em média. Mas, se você já vai com orçamento apertado, escolha uma refeição boa/completa por dia e nas outras opte por lanches. A comida de rua é bem presente em toda Europa.

Se você é do tipo carnívoro e precisa de um bife acebolado todo dia, aí você tá perdido, meu amigo! Carne na Europa costuma ser bem caro! Caro do tipo, um bife com batata frita vai te custar uns 30 euros!!! o.O
PS: Na primeira vez que fui senti muita falta de comer carne. Isso melhorou quando eu descobri os restaurantes italianos que costumam não ser tão caros quanto os bifes argentinos (bolonhesa, YEAH!).

Bom, já escrevi demais! Alguma coisa ficou sem resposta? Você tem mais dúvidas? Conta aqui nos comentários que juro que vou tentar te ajudar!

Lembrando que o valor que eu citei é uma estimativa e que serve como BASE dos gastos né?? Isso não quer dizer que sua viagem vai custar 7 mil, e sim um valor que é possível de se fazer! E todas essas dicas, bem, são dicas né gente? São todas baseadas nas MINHAS experiências… com o tempo cada um desenvolve uma maneira de viajar!

 
Deixe seu comentário

13 comentários em "Quer viajar para a Europa e não sabe por onde começar? Esse post é pra você!"
  1. Marisa   •   29/05/14   •   14h31

    Colocar 6 cidades por 17 dias é deixar cada uma só com 2 dias e meio, em média, é muito pouco! Sei que são suas experiências, mas é bacana também refletir se algumas compensam ou não…Amsterdam é uma cidade que dá tranquilo pra fazer esse roteiro, mas Paris, Londres, Berlim, que são cidades maiores NÃO! Aliás, conhecer menos com mais tempo faz com que você aproveite mais as cidades. Fazer a matemática de 17 cidades em 30 dias?!!? É como se cada uma fosse feita em um dia e meio! Na Europa é tudo grudadinho, mas nem todas as cidades – principalmente as mais famosas – estão próximas como Rio de Niterói.

    • Iara Vilela   •   30/05/14   •   10h14

      Marisa eu concordo com você e depois do seu comentário até adicionei um parágrafo sobre isso lá no texto. No post eu tentei mostrar o que é possível se fazer em relação à conta: dias x cidades. Já fiz Europa correndo e já fiz devagar… no fim acho que todos os jeitos de viajar são válidos, depende do que você quer e planejou para a viagem. :D obrigada pela dica e volte sempre!

  2. patricia   •   30/07/14   •   07h50

    Olá minha filha vai fazer quinze anos e vamos viajar como presente. Gostaria de leva – lá a europa que pais começar pra impressiona -lá? Vou levar tbm meu filho de cinco anos gostaria de sugestões obrigada

    • Iara Vilela   •   30/07/14   •   09h36

      Oi Patricia, tudo bem?
      É bem difícil dar uma sugestão assim sem saber muito o que sua família gosta de fazer. Um exemplo: se vocês gostam de visitar museus, cidades como Paris e Amsterdam são ótimas. Há também um parque da Disney próximo à Paris, o Eurodisney. A época que vocês vão também conta (frio ou calor). Se vocês viajarem no verão, por exemplo, percorrer a Italia fica muito melhor e se a sua família gosta de história, Berlim é praticamente um museu a céu aberto. Se tiver mais detalhes do seu planejamento me mande por e-mail: comoserrosaprendi@gmail.com e a gente conversa melhor.

      Espero ter ajudado. Iara

  3. Camila   •   22/08/14   •   15h09

    Oi Iara… adorei seu blog e te enviei um e-mail com algumas dúvidas, caso possa me ajudar, ficaria muito grata.

    • Iara Vilela   •   24/08/14   •   16h52

      Oii Camila, já te respondi. Recebeu meu e-mail? :**

  4. Michele   •   07/10/14   •   14h14

    Oi, Iara! Dá pra visitar sete países em vinte e três dias?

    • Iara Vilela   •   27/10/14   •   16h09

      Oi Michele. Olha, até dá, se forem próximos e também tem que ver quantas cidades quer conhecer. É importante você ter em mente quanto tempo vai passar em cada lugar, levando em consideração tempo de transporte e etc. Uma dica é: praticamente não conte os dias de viagem (ida e volta) e calcule o tempo de locomoção para cada lugar. Aí você vai ter a real base de tempo para decidir se compensa fazer 7 países em 23 dias. :*

  5. Bruno Henrique   •   21/11/15   •   22h06

    Iara, vou viajar para a polônia em 20 dias em não tomei nenhuma vacina recentemente eles vão me barrar na imigração por causa disso?

    • Iara Vilela   •   01/12/15   •   09h52

      A única vacina que pedem é a de Febre amarela. Indico tomar.
      Sendo honesta, nunca pediram minha carteira de vacinação internacional em nenhum desembarque, mas como esses novos casos de Zika Vírus ou Chicungunha, pode ser que estejam mais atentos.

  6. Marcos   •   15/02/16   •   14h37

    Boa Tarde Iara, tenho 18 anos e vou me organizar para uma viagem à Europa. Recomendá-se começar com Paris ou por Londres? O que tu mais gostou em cada uma dessas cidades? Alguma contra-indicação?

    • Iara Vilela   •   16/02/16   •   10h56

      Oi Marcos, tudo bem?
      Bom, é muito difícil recomendar algo quando a gente não conhece a pessoa, isso porque cada um tem um gosto específico. Mas o que posso falar é que são cidades magníficas! Acho que pela sua idade talvez goste mais de Londres do que de Paris (isso levando em conta a quantidade de jovens por lá). Mas se gosta de história e de museus, por exemplo, vai amar Paris!

      A melhor dica que posso te dar, com certeza, é: se está em dúvida em qual local conhecer, faça uma lista com seus interesses e outra lista com o que há para fazer nas cidades. Depois vá vendo o que bate e o quais atrações são mais importantes pra você. Lembre-se de que a viagem é sua e tem que te agradar e te fazer feliz! :*

  7. divino luis   •   19/02/19   •   20h24

    gostei legal abraço