Américas, Argentina, Dicas, Diversos, El Calafate, Ushuaia

Conhecendo os pinguins da Isla Martillo e as lindas Árvores Bandeira

07 abr 2014
[ 15 ]

Hoje vou contar como foi nosso passeio até a chamada Pinguinera, passando pela famosa Estância Harberton, Isla Martillo e também pelas lindas Árvores Bandeira!  Muita gente que vai para Ushuaia quer ver pinguins e comigo não seria diferente, principalmente em um lugar que não é um zôo e sim onde eles ficam livres. Prova de que tudo é muito bem organizado, é que os animais voltam em maior número a cada ano. :D

Árvore Bandeira!

Árvore Bandeira!

Há duas formas de se fazer esse passeio: por terra e de barco, pelo Canal de Beagle. Mas, ver as Árvores Bandeira foi determinante para eu fazer o passeio por terra. Para isso, logo cedo nós caminhamos até o porto para esperar o guia que nos levaria até lá. Acho que umas 15 pessoas faziam parte do nosso tour, mas foi bem traquino.

Assim que o ônibus apareceu, partimos pela Ruta 3 por uns 20 minutos e depois entramos em uma estrada de terra que nos levou até Harberton. Já próximo a Estância, paramos para conhecer as Flag Trees e que coisa interessante. A vista de lá é linda e as árvores deixam tudo ainda mais lúdico!IMG_4654

Foto versão hadouken! #OsNerdPira

Foto versão hadouken! #OsNerdPira

Eu já falei isso em posts anteriores, mas vou repetir: venta MUITO por toda Patagônia Argentina e esses ventos são os responsáveis, digamos assim, pela “criação” dessas árvores. Isso porque, como eles são fortes e constantes, a copa das árvores vai crescendo moldada pelas rajadas de vento. Coisa linda de natureza que me choca com tamanha grandeza!

IMG_4622

Sim, sou do tipo que senta no chão mesmo que a terra esteja molhada só para aproveitar a vista.

Tivemos cerca de 20 minutos para apreciar a paisagem, tirar fotos e caminhar um pouco. Desse ponto se tem uma vista linda do Canal de Beagle com montanhas ao fundo. Uma cena constante, mas encantadora por toda Ushuaia.

IMG_4771

Já na Estância Harberton

Voltamos ao ônibus e em menos de 5 minutos já estávamos na fazenda. De lá pegamos um pequeno barco até a Isla Martillo, onde as colônias de pinguins ficam durante todo o verão. Fomos no final do verão e muitas famílias de pinguins já tinham caído na água e partido para outro lugar. Mesmo assim deu para ver alguns.

IMG_4677

IMG_4733

No início foi divertido ver várias espécies e filhotes andando desengonçado e algumas mães bravas. No início… porque 15 minutos depois já não tinha tanta graça assim. Acho que se tivéssemos ido em uma época com mais pinguins ou viajando com crianças, talvez fosse mais interessante.

Pude ver essa mesma sensação nos olhos de quase todos que estavam lá. Fora que, neste dia em especial, o vento estava acima do normal e muitos pinguins estavam escondidinhos no calor de suas tocas. Acho que ficamos quase uma hora lá e foi mais que o suficiente.

IMG_4690

IMG_4749

IMG_4686

É claro que essas são as dores e delícias de se ver os animais em seu hábitat natural. Prefiro assim do que em um zoológico onde ele não tem muita opção do que fazer.

Então o saldo é esse: pinguinera vale a pena, mas a não ser que você seja um pesquisador, um apaixonado por pinguim ou esteja com crianças, não compre o passeio para um dia inteeeeiro apenas na Isla Martillo. Esse que eu fiz está de bom tamanho.

Na volta paramos para um lanche na Estância Harberton. Esta fazenda foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, então é muito bacana passar um tempo lá e tudo estava delicioso.

Valores
Este foi um passeio longo com vários pontos turísticos visitados. Fizemos com a Piratur e pagamos $ 800 pesos por pessoa, algo em torno de R$ 228. Achei um pouco salgado, porém justo.

Para quem quer saber: Esta plaquinha que todo mundo tira foto fica no Porto, próximo dos pontos de venda de passeios.

Para quem quer saber: Esta plaquinha que todo mundo tira foto fica no Porto, próximo dos pontos de venda de passeios.

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Deixe seu comentário

15 comentários em "Conhecendo os pinguins da Isla Martillo e as lindas Árvores Bandeira"
  1. Teylor Fuchs   •   19/04/16   •   13h14

    Muito legal suas informações, também sou de Campo Grande – MS e estou planejando fazer essa viagem em janeiro/2017, como a maioria dos Brasileiros quero ver Pinguin e Neve, mas também procuro diversão e conhecer pessoas.

  2. Naiara Ribeiro   •   06/06/16   •   16h58

    Olá Iara!

    Sobre as melhores dicas para roupas. Quais você diria que são essenciais?
    Você usava calça térmica junto ao jeans? Indica algum site nacional?
    E no minitrekking era calça impermeável? Obrigada pelas dicas!
    Seu blog é demais!

    Beijos
    Naiara

    • Iara Vilela   •   07/06/16   •   11h01

      Oiii, Naiara, tudo bem?

      No mini trekking não usei calça impermeável, acho que vale apenas quando vai esquiar ou coisa do tipo. Eu sempre uso com o jeans uma calça térmica ou uma meia calça potente (fio 80 pra cima) e isso já resolve para mim, mas lembrando que cada um sente mais ou menos frio. Teste e veja o que funciona para você.

      Casaco corta vento é e a calça térmica são os itens que acho mais necessários, pois lá venta muito e deixa a sensação térmica bem baixa. Costumo comprar as coisas na Decathlon, os produtos são bons e os preços justos.

      Espero ter ajudado!

      :*

  3. Ladyane   •   01/09/16   •   22h56

    Boa noite Iara!! Que época do ano esteve em Ushuaia? Estamos indo 7 de setembro e esperávamos ver neve. Rsss

    • Ladyane   •   01/09/16   •   23h01

      Opss!! Informei errado estaremos em Ishuaia no período de 7 a 14 de outubro.

      • Iara Vilela   •   02/09/16   •   15h26

        Oii Ladyane, tudo bem?

        Eu imagino que em outubro você ainda pegue os picos nevados (eu fui em março e vi!), mas terá que contar com a sorte para pegar alguma nevasca já que garantia mesmo de ver neve você só terá no inverno, que vai de junho a setembro. ;)

        Mas, olha… mesmo que não pegue neeeve em si, Ushuaia é um lugar fantástico!

        Me conta depois como foi!

        :*

  4. Monica   •   03/10/16   •   11h55

    Olá Iara, quando você fez a reserva, você pagou antecipadamente também?

    • Iara Vilela   •   03/10/16   •   16h22

      Oii Monica! Tudo bem?

      Eu paguei todos os passeios de uma vez só e sim, foi antecipadamente.

      Abraços

  5. Camila   •   26/01/17   •   14h53

    Oi Iara, tudo bem?
    Você se lembra em média quanto pagou pelos passeios, em especial em El Calafate?
    Obrigada!

    • Iara Vilela   •   26/01/17   •   14h59

      Oii Camila. Tudo bem?

      Olha, os preços que paguei já devem estar bem defasados, já que estive lá há mais de 2 anos. Em El Calafate fiz os passeios com a Hielo y Aventura e no site deles tem os preços de todos os passeios. Eles cobram um pouco a mais do que outras agências, mas a qualidade do serviço e da frota é muito superior. Aqui você pode ver os preços: http://www.hieloyaventura.com/
      Já em Ushuaia fiz tudo com os “Brasileiros em Ushuaia”, como peguei vários passeios, me deram um bom desconto!

      Abraços.

  6. Maria Aparecida Pocci   •   14/02/17   •   18h28

    Oiee.. Tudo bem ?? Será que em setembro a gente ainda consegue ver os pinguins???

    • Iara Vilela   •   15/02/17   •   08h00

      Oii Maria, tudo bem?

      Bom, pelo que me informaram lá sempre tem pinguins, o que muda é a quantidade. Em certas épocas do ano tem bastante (fui numa época que não tinha tantos). Fique tranquila, você verá sim!

      :*

  7. Fátima Fleury   •   03/08/17   •   10h21

    Oi Iara.
    Parabéns pelo blog. Amei.
    Eu e meu marido estamos querendo ir agora em setembro (15) para Ushuaia e El Calafate. Vc sabe me informar se Ushuaia tem casa de cambio?
    abraços
    Fátima

    • Iara Vilela   •   04/08/17   •   17h54

      Oii Fátima! Tem sim! Só na rua principal tem 2 ou 3 casas de câmbio e provavelmente devem ter outras pela cidade.

      :*

      • Fátima Fleury   •   07/08/17   •   11h22

        Obrigada!